2º Dia - 12/10/2014

Rivera/UR – Rosário/AR: 660 Km

Já que não conseguimos dormir no hotel em Rivera, devido aos ruídos, levantamos cedo, e ás 8h já estávamos na estrada! Aduana em Rivera para dar entrada no Uruguai. Ao lado da Aduana trocamos reais por pesos argentinos com ótima cotação (R$0,22), o local mais parece ponto de “chapa”, mas foi tranquilo, recomendo trocar bastante, afinal na Argentina nenhum posto YPF aceita cartão (com exceção de Mendoza), e você só conseguirá abastecer com efetivo, vá preparado. Saímos de Rivera, sentido Tacuarembó/UR, com boa estrada, porém, depois desta, a Ruta 26, sentido Payssandú, está bem ruim, não recomendamos, melhor sair por Salto/UR. Na Ponte Internacional pagamos um pedágio de 100 pesos argentinos (quase R$ 30,00), imagino que para manutenção da ponte, mas caro de qualquer modo. Logo que ingressamos na Argentina pela Ruta 14, em direção a Concepcion del Uruguay já fomos parados pela Polícia Caminera, como já relatei, solicitaram todos os itens obrigatórios, mas fomos liberados sem problemas. Em Concepcion del Uruguay pegamos a Ruta 39, e trocamos mais 03 vezes de ruta, todas em excelente estado, porém sem muita estrutura, poucos postos de serviços e poucos restaurantes. 200 km antes de chegar a Rosário começa uma região de pântanos e alagados do Rio Paraná, a estrada é muito linda! 
Chegando em Rosário
Chegamos cedo a Rosário, por volta das 17h, deu tempo para conhecer a região central e a orla (Rosário é cidade litorânea, banhado pelo Rio Paraná), que tem uma baita infraestrutura, de deixar qualquer porto-alegrense de queixo caído, já que nossa orla não tem nada!!! Lá há parques e calçadões, os armazéns do antigo porto servem de espaço cultural. Também fomos conhecer o Monumento à Bandeira, que realmente impressiona pela grandiosidade! Muito linda a cidade, voltaremos!
Ficamos em um ótimo hotel, Esplendor Savoy Rosário, onde pudemos recuperar o sono da noite anterior. 
Orla do Rio Paraná em Rosário

Monumento à Bandeira
 

Postagens mais visitadas deste blog

Porto Alegre – Mendoza – Santiago – Deserto do Atacama – DE CARRO!

Patagônia de carro!

Torres del Paine