3º e 4º Dia - 13 e 14/10/2014

Rosário/AR – Mendoza/AR: 900 Km


Saímos de Rosário por volta das 8h30min, afinal hoje o dia ia ser puxado, muito chão pela frente. Novamente as estradas em excelente estado, paisagens muito bonitas, com muitas árvores cercando as rodovias, lugares para descanso, porém, poucos postos de serviços e restaurantes. Chegando à província de Mendoza, há fiscalização de cargas e revista de alguns veículos, isto para evitar entrada de pragas na região dos vinhedos. Há também desinfecção dos pneus do veículo. Depois dali segue pista dupla até Mendoza, uma beleza!!!

Chegamos no hotel em Maipú por volta das 19h. Maipú é uma cidade vizinha de Mendoza, onde se localizam várias vinícolas e escolhemos nos hospedar lá pela facilidade de conhecê-las! O hotel Esplendor Mendoza é exclente e tivemos uma ótima estada de 02 noites!

No dia seguinte saímos para conhecer as vinícolas, sem nenhum mapa foi um pouco confuso, mas logo nos achamos, conseguindo um mapa e pedindo várias informações. Os vinhedos de Mendoza são distintos em três regiões: Maipú, Luján de Cuyo (próximas) e Valle de Uco (distante uns 80 km de Mendoza). Para visitação em todas as vinícolas é necessário fazer reserva antecipada pelo site, caso contrário vai ser difícil inclusive entrar para comprar vinhos!!! Eu tinha feito reserva para visitação apenas na parte da tarde à Bodegas Chandon, então teríamos a manhã livre. Primeiro fomos à Tempus Alba (já tinha as informações do site), onde é possível fazer visita autoguiada. Na degustação você pode escolher quais vinhos quer beber, possui restaurante e o deck com vista para os vinhedos é linda, adoramos! Os vinhos são excelentes, pena que eles não produzem em grande escala e não há venda no Brasil, apenas comprando na própria vinícola. Atualizando em 25/08/2016, agora vendem aqui no RS, no Zaffari! \o/ \o/ \o/
Bodega Tempus Alba
Em seguida fomos à Trapiche, que é enorme, mas apenas entramos para olhar e tirar fotos! Depois rumamos para Luján de Cuyo, onde todas as vinícolas ficam na beira da Ruta Provincial 16, daí ficou mais fácil de localizá-las. Na Catena Zapata pudemos entrar e eu gostei muito, na Ruca Malen nem quiserem nos receber e por último fomos à Bodegas Chandon, onde tínhamos visita guiada, que foi excelente e com uma degustação ímpar! 
Optei por não marcar mais visitas guiadas, pois tínhamos apenas um dia e eu não sabia como seria a logística, decisão acertada, no começo foi difícil achar as vinícolas e teríamos perdido algum horário. Mas, conseguimos conhecer bem a região, afinal passamos o dia todo zanzando de carro entre as vinícolas. Á noite fomos conhecer a cidade de Mendoza, que é muito bonita e aconchegante, cheia de ótimos restaurantes! Toda região de Mendoza é muito linda, com os vinhedos e a Cordilheira dos Andes ao lado para enfeitar, principalmente quando está coberta pela neve! Adoramos! 

 


Postagens mais visitadas deste blog

Porto Alegre – Mendoza – Santiago – Deserto do Atacama – DE CARRO!

Patagônia de carro!

Torres del Paine