El Calafate - Minitrekking - Perito Moreno

10º Dia - 20/10/2015: El Calafate 

A Hostería Los Gnomos é bem confortável, bons quartos, camas e banho! Peca muito no atendimento e no café da manhã, porém mesmo assim é uma boa opção de custo x benefício em El Calafate!
Quando acordei olhei pela janela, fazia isso todos os dias esperando ver neve, eis que nessa manhã estava tudo branquinho! \o/ \o/ \o/ Realmente o minitrekking é mais bonito com sol, mas para mim, estar nevando foi o máximo!
Eu havia reservado (com bastante antecedência) o MiniTrekking pela internet com a agência Hielo e Aventura, única empresa que pode fazer os trekkings no Glaciar Perito Moreno. O processo foi bem fácil e paguei pela internet, gerando um voucher. Sobre esse processo tudo correu bem e não tivemos nenhum problema no dia do passeio! Comprei somente o voucher para o barco, já que estaríamos de carro, mas, para quem não estiver, eles vendem o trajeto completo, incluindo ônibus saindo de El Calafate, que depois vai até as passarelas do parque, retornando à cidade no final do dia. Sim, o passeio é bem caro, mas podem ter certeza, vale cada centavo! Site oficial: http://www.hieloyaventura.com/HIELO2015/index-port.html

Os passeios saem do Puerto Bajo de las Sombras, uns 6k antes de chegar nas passarelas do parque e uns 70km de El Calafate, tem sinalização! Os 70 km para chegar ao porto são de asfalto em ótima qualidade, porém, bem sinuosos, e, deve-se ter bastante cautela! Com neve, mais ainda! Com isso acabamos chegando no porto “encima do laço”, o barco estava ligando, somente faltando nós! Que feio! ;( 


 
Emfim que partiu o barco em direção a estação da Hielo e Aventura, borda oeste do Lago Rico, lotado! No local tem banheiros, e, pode-se deixar as mochilas com lanches, pois o passeio dura o dia todo, se você aproveitar para ir nas passarelas também!
Da estação uma pequena caminhada por um bosque, lindo, até chegar na entrada do glaciar, onde tem equipes para colocar grampões nos calçados, sem os mesmos é impossível caminhar no gelo! 
 
 

O passeio é bem leve, e podem fazer desde crianças a partir de 10 anos, caminha-se no gelo em torno de 1:30h. Tem um sobe e desce, mas é tudo bem lento e muito bem acompanhado pelos guias.
No passeio conhecemos duas brasileiras, de São Paulo, a Mariana e a Márcia que são pura simpatia! As fotos do casal são crédito delas! 


Nossas amigas Mariana e Márcia!
 

Sobre as roupas:
Como vocês podem imaginar é bem frio por lá, ainda mais quando está nevando, como foi o nosso caso! Nós usamos botas, casacos e calças impermeáveis, e mais várias peças de roupas!!!! Meu marido chegou vestir 19 peças, exagerado! Eu vesti duas calças térmicas e por cima coloquei a impermeável sem forro, na parte de cima blusa térmica, fleece e casaco de neve, com penas de ganso, duas toucas simples e luvas de neve. Achei que estava muito bem-vestida, não passei frio ou calor! Nós fomos em outubro, e pegamos um dia frio, creio que não verão não serão necessárias tantas peças! Quanto a impermeabilidade considero a bota e o casaco bem importantes já as calças creio que dá para abrir mão, principalmente se você não vai sentar na neve!!!
 
Quanto ao passeio não me cabem palavras, apenas fotos! Li essa frase no blog: http://lavidadeviaje.com/caminos-imposibles-vs-caminos-posibles/ e achei perfeita: “...Te recomendo hacer este camino em bici porque lo que se disfruta no tiene nombre!”
No final é servido whisky com gelo retirado do próprio glaciar! 
 








 

Depois fizemos o caminho inverso e voltamos na estação da Hielo e Aventura, onde tinha café e leite para confraternizar com nosso lanches! E posúltimo a volta de barco até o Puerto Bajo de Las Sombas.
Dali fomos para as passarelas para ver o Glaciar Perito Moreno de frente, tem muitos km para andar, subir e descer! Dá para ver o glaciar de todos os ângulos! Para quem ainda tiver folego recomendo a passarela mais baixa, que fica muito perto dos paredões de gelo! 
Nevou o dia todo! 
  
Nem preciso dizer que chegamos no hotel exaustos! No dia seguinte faríamos a travessia para o Chile, para chegar em Torres del Paine, ponto alto da viagem! 




 

Postagens mais visitadas deste blog

Porto Alegre – Mendoza – Santiago – Deserto do Atacama – DE CARRO!

Patagônia de carro!

Torres del Paine