Cuesta del Obispo - Parque Nacional Los Cardones - Quebrada de las Flechas



4º dia - 03/11/16 - Salta - Cachi - Cafayate: 320 km 

Esse com certeza foi o dia mais intenso da viagem: Quebrada de Escoipe, Cuesta del Obispo, Parque Nacional Los Cardones, Recta de Tin Tin, Cachi, Quebrada de Las Flechas e uma infinidade de cactos gigantes! 

Saímos de Salta em direção a Cafayate, pele Ruta 68, porém logo em El Carril já seguimos em direção a Ruta Provincial 33, que leva até Cachi. O caminho é incrível, muitas paisagens lindas e bem diversificadas! 

O trecho de Salta até Cachi tem 15 km de rípio em bom estado (não sei como fica quando chove), o restante é asfalto. De Cachi até Cafayate são 150 km de rípio, alguns trecho um pouco críticos devido ao estreitamento da estrada e burracos, prepare-se para ficar no mínimo 03.30h nesse trajeto.


Quebrada de Escoipe










Para começar o dia tivemos a Quebrada de Escoipe, de dar frio na barriga! Um pena, mas não tenho as fotos mais legais desse trajeto, apenas em vídeo, mas, eu ainda não aprendi extrair frames! ;(
































Depois vem a Cuesta del obispo, uma subida sem fim! Vá devagar, a altitude vai aumentar gradativamente, até chegar aos 3.457 metros, na Piedra Del Molino! Lá de cima a vista é demais!







Praticamente todo trecho da cuesta é em rípio, mas bem tranquila de trafegar em dias secos. 
Nós mascamos folhas de coca, que compramos no caminho e não tivemos nenhum problema com a altitude.













Acima o Parque de Los Cardones! Os cardones são cactos gigantes, em alguns casos com flores, de impressionar pelo tamanho, adorei!



Recta de Tin Tin,  é uma reta de 16 km de asfalto! \o/







Até chegar em Cachi, uma cidadezinha no meio da Ruta 40, muito charmosa com uns restaurantes bem agradáveis! Almoçamos em um deles! Achei a cidade uma graça, com certeza poderia passar uma noite ali! 










A partir daí Ruta 40, na veia! Aventura, rally, sustos e muita beleza na Quebrada de Las Flechas! O trecho é um pouco perigoso e requer bastante cuidado para dirigir, alguns trechos a pista dupla desaparece, por incrível que pareça, sempre nas piores curvas....afffe cada susto! Tem que ir muito devagar, por isso leva-se quase 4h nesse caminho, mas a beleza das quebradas compensa! 


Ruta 40


Último destaque do dia, Quebrada de las Flechas! Ah, como eu achei linda! 









Propositalmente fomos a Cafayate por esse caminho (Ruta Provincial 33 e Ruta 40), para conhecê-lo, e, planejamos voltar pela Ruta 68, onde se encontra a Quebrada de Las Conchas, esse segundo caminho muito mais tranqüilo, mas, eu sempre prefiro com mais aventura, no caso, Ruta 40!




Cachi



Postagens mais visitadas deste blog

Porto Alegre – Mendoza – Santiago – Deserto do Atacama – DE CARRO!

Patagônia de carro!

Torres del Paine