Salta, "La Linda"!




Saga pela Ruta 16! 
1º e 2º dias: 31/10/16 - 01/01/16: Porto Alegre - Salta: 1.836km

Já tínhamos feito esse trajeto em sentido contrário, quando voltamos do Deserto do Atacama, e, sabíamos mais ou menos o que íamos encontrar: um calor infernal, a Ruta 16 toda esburacada e muitos quilômetros de planícies sem muita coisa para ver! 
Saímos de Porto Alegre cedo, sentido Uruguaiana, já era passado das 15h quando chegamos. Aproveitamos para trocar nossos reais por pesos, com ótimo cambio, que deixa a Argentina muito mais acessível para nós brasileiros! 

De Uruguaiana a Corrientes foram mais 365km, bem cansativos, mas, como a viagem estava só começando, foi tranquilo, e, com muito mate! Pernoite em Corrientes no Hotel Orly, central, com garagem e bom custo benefício.

No dia seguinte começou a saga pela Ruta 16! Logo no início da manhã cruzamos por lindas plantações de girassóis, que nos deixou mais animados! 


Mas, nossa animação durou pouco, o calor aumentando na estrada e nosso ar condicionado resolveu não funcionar!!! Pode isso?! Infelizmente aconteceu, e tivemos que andar alguns trechos com os vidros abertos, o que não sei se ajudava alguma coisa, já que o calor do asfalto era insuportável! Começou a dar um sono, affe....! 

Mas nem tudo são pedras, uma ótima notícia: A Ruta 16 que estava praticamente intransitável desde Corrientes até Joaquin Victor Gonzales, devido aos buracos enormes, está praticamente toda renovada, acho que tinha (na época da viagem) só uns 25km que não estavam em bom estado. Alguns trechos estavam sendo construídos, mas o rípio é muito melhor do que o asfalto antigo! 

Superado esse trecho, chegamos em Joaquin Victor Gonzales, uma cidade com alguma infraestrutura, e paramos num bom posto para descasar e fazer um lanche. É possível pernoitar nessa cidade.
Cuidado com o combustível nesses trecho, a distância entre os postos aumenta. 

Chegamos em Salta já bem tarde, perto das 21h. O Hotel Wilson, já reservado previamente é muito bom, muito confortável, tem garagem e um ótimo preço, além de bem centralizado,  pode-se fazer tudo a pé!  



Salta! 
3º Dia - 02/11/16 - Salta



Nosso dia para conhecer Salta, afinal quando voltamos do Deserto do Atacama apenas pernoitamos na cidade, mas pudemos perceber que era bonita. Agora era chegado o momento de comprovar! 



Realmente Salta é demais, faz jus ao título "Salta, La Linda"! Adoramos conhece-lá: histórica, com lindas igrejas, conventos e construções.

Fazia uma dia bem friozinho em Salta, creio que atípico para o mês de novembro, mas em torno de 12 a 14 graus. Subimos de teleférico o Cerro San Bernardo, donde se tem um vista espetacular da cidade! Pode-se observar como a cidade é toda cercada por montanhas, no caso, a Cordilheira! 
É possível ir ao Cerro San Bernardo de carro, ao invés do teleférico! 







À tarde fomos ao Museo de Arqueologia de Alta Montaña. É muito interessante, recomendo esse passeio! Tem três crianças preservadas, que foram trazidas de uma montanha,  onde foram sacrificados em um ritual, somente uma fica em exposição, são revezadas, quando fomos era a "ninã del rayo" que estava exposta. 

Todo o entorno da Plaza 9 de Julio é muito lindo, ótimo para caminhar, bem turístico, praticamente todas as atrações ficam próximas a ela. Essa região me pareceu bem segura, com bastante policiamento! Não deixe de passear em Salta à noite, a iluminação dos prédios históricos é demais!




Locro
Para comer em Salta recomendamos muito a parrilla do El Charrua Caseros e o locro (comida regional) e empanadas da Doña Salta, os dois restaurantes são ótimos! Aliás o Locro me surpreendeu positivamente! É um ensopado de feijão, abóbora e milho. 





Postagens mais visitadas deste blog

Porto Alegre – Mendoza – Santiago – Deserto do Atacama – DE CARRO!

Patagônia de carro!

Torres del Paine